Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de motorista de aplicativo em Teófilo Otoni

Notícias da região

Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de motorista de aplicativo em Teófilo Otoni

13:03 | 03 de maio

A Polícia Civil de Teófilo Otoni concluiu o inquérito que investigou a morte do motorista de aplicativo Samir Alves de Brito, 24 anos , ocorrida no dia 24 de abril em Chonin de Baixo, na zona rural de Governador Valadares.
Dois  homens de 18 e  20 anos foram presos preventivamente e um adolescente de 16 anos apreendido,  acusados de envolvimento no crime.  
Segundo o delegado Márcio Pereira, as investigações mostraram que o menor teria planejado o roubo de um carro. “Um dos envolvidos, maior, se colocou no cenário do crime, mas atribuía as ações ao menor, enquanto o menor atribuía as ações violentas aos dois maiores. A motivação do crime foi realmente com o objetivo de roubar um veículo, inclusive a ideia inicial partiu do menor. Ele coordenou a maioria das ações. Inclusive as provas materiais do crime foram encontradas nas proximidades da sua residência, o veículo , além dos objetos pessoais da vítima,” informou o delegado.

Brutalmente assassinado
A corrida teve origem na rodoviária de Teófilo Otoni  com destino a Governador Valadares. O delegado contou que a vítima foi brutalmente assassinada. De acordo com ele, os suspeitos contaram que agrediram o motorista por cerca de 20 minutos com socos, paus e pedradas. “Pelo tempo pode-se afirmar que a vítima foi torturada pelos autores e espancado até a morte, “  disse o delegado 


 
Segundo as investigações , os três tentaram contratar vários motoristas com a proposta de serem levados até Valadares , mas todos recusaram. Eles então fizeram contato com a noiva de Samir, que trabalha em uma loja próxima à rodoviária, e fecharam a  corrida.
Imagens de uma câmera de segurança mostram que os suspeitos  chegaram ao local por volta das 15h e Samir cerca de 20 minutos depois. De acordo com o depoimento dos suspeitos , durante a viagem um dos passageiros pediu Samir para que desviasse a rota e passasse pela cidade de Frei Inocêncio para que ele pudesse visitar um parente, mas o motorista negou. Em um outro momento, na cidade de Chonin de Baixo, outro  passageiro, alegando mal estar,  pediu para que ele desviasse a rota para uma estrada de terra.
Foi no local onde eles assassinaram a vítima.
Os dois adultos estão presos preventivamente e o adolescente recolhido em uma unidade de ressocialização em Teófilo Otoni.
De acordo com o delegado, os maiores serão indiciados por latrocínio , corrupção de menor , ocultação  de cadáver e associação criminosa. A pena pode chegar a 41 anos de reclusão. O menor cumpre medida sócioeducativa que pode chegar à pena máxima até quando ele completar a idade  de 21 anos.



(Foto:Divulgação/Entrevista) 

Publicidade