Operação que apura a morte de teofilotonense indica fase final dos trabalhos de investigação

Notícias da região

Operação que apura a morte de teofilotonense indica fase final dos trabalhos de investigação

10:22 | 30 de abril

 

A Polícia Civil (PC) deflagrou, nesta quinta-feira (29) a terceira fase da operação “Negócio Mortal”. A ação investiga o desaparecimento de Sérgio Rodrigues , 39 anos, que saiu Teófilo Otoni com destino a  cidade de  São João Evangelista, no Vale do Rio Doce, no dia 25 de janeiro deste ano e não  foi mais localizado. A polícia acredita ele tenha sido assassinado. Um suspeito de 53 anos está foragido. Contra ele foi deferido um mandado de prisão em âmbito nacional e internacional.

Segundo o delegado Luiz Jardim, responsável pelo caso, os trabalhos estão na fase final.

“Negócio Mortal”

A   primeira fase da operação foi deflagrada em 4 de fevereiro quando foram cumpridos três mandados de busca  apreensão.

A segunda fase, no dia 1º de março, incluiu  o lançamento do mandado de prisão em banco de dados internacionais com o apoio da Polícia Federal e Interpol.

Nesta terceira fase, foi feita a reconstituição do crime com  o auxílio de policiais civis  das delegacias de São João Evangelista, Pecanha, Santa Maria do Suaçuí e Guanhães e acompanhada por advogados do suspeito e representante do Ministério Público.

 

Sérgio Rodrigues, 39 anos, saiu de T.Otoni há três meses.(Foto:Divulgação redes sociais)

 

Entenda o caso

Sérgio Rodrigues saiu de Teófilo Otoni no dia 26 de janeiro de 2021 com destino a cidade São João Evangelista para cobrar a entrega do Certificado de Registro de Veículo (CRV) de um carro comprado por ele.

Na cidade, ele teria ido a uma empresa, localizada em um posto de combustível, para cobrar a entrega do documento , quando após uma discussão o suspeito teria atirado nele.

 

 

 

(Foto capa:Polícia Civil)

 

 

 

Publicidade