Mucuri (BA) dá início a operação tapa-buracos na BR-101

Notícias da região

Mucuri (BA) dá início a operação tapa-buracos na BR-101

10:45 | 27 de abril

 

Após gravar um vídeo fazendo um desabafo em relação ao estado caótico da BR-101, no trecho entre o trevo que dá acesso à sede de Mucuri(BA) ao perímetro urbano do distrito de Itabatã, o prefeito do município Roberto Carlos Figueiredo Costa ‘Robertinho’ (DEM), resolveu agir, formalizando uma parceria com o Consórcio Público Intermunicipal de Infraestrutura do Extremo Sul da Bahia (Construir), para uma operação tapa-buracos nos pontos mais críticos.

No início da manhã desta terça-feira (27) o prefeito Robertinho usou uma postagem na linha de transmissão do seu WhtsApp para confirmar o trabalho iniciado nesta segunda-feira (26).

“A Prefeitura Municipal de Mucuri em parceria com o Consórcio Intermunicipal dos 13 Municípios do Extremo Sul da Bahia (CONSTRUIR), iniciou uma operação de emergência para tapar os buracos da BR-101, entre o Trevo de Mucuri e trecho urbano do distrito de Itabatã. Já que o DNIT se recusa a assumir a sua responsabilidade, estamos fazendo essa operação de emergência para que a BR-101 no trecho urbano do nosso Município tenha condição de oferecer ao usuário o mínimo de trafegabilidade com segurança”, escreveu.

Na mesma postagem o gestor municipal fez questão de gravar um novo vídeo, voltando a questionar o Ministério do Transportes, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), sobre a necessidade urgente de intervenção para melhoria da rodovia BR-101, especialmente neste trecho de Mucuri. “O abandono total dessa estrada por parte do DNIT, causa prejuízos e está colocando em risco a segurança e a vida dos usuários. São vidas humanas ameaçadas todos os dias. Não dá para esperar”, falou.

No trecho mais crítico, justamente no perímetro urbano de Itabatã, maior distrito de Mucuri, os caminhoneiros e condutores de veículos menores estavam tendo que avançar pela contramão, caso contrário caiam nas crateras. A falta de acostamento, que ao longo do tempo vem sendo tomado pelo mato e até árvores que já cresceram, também torna o tráfego mais perigoso, especialmente para pedestres e ciclistas.

O distrito de Itabatã abriga a fábrica da Suzano, uma das maiores empresas de celulose e papel do mundo, além de diversas outras prestadoras de serviço.

 

(Fonte e foto:Teixeira Hoje)

 

 

Publicidade