Dia do Trabalhador tem manifestação pró-Bolsonaro em todo o país

Outras notícias

Dia do Trabalhador tem manifestação pró-Bolsonaro em todo o país

21:46 | 01 de maio

 

Brasileiros foram às ruas neste sábado (1º), Dia do Trabalho, em diferentes municípios do país. Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro pediram  respeito às liberdades individuais em diversas capitais do país.

 

Em São Paulo (SP), São Bernardo do Campo (SP), Belém (PA) , Salvador (BA), Belo Horizonte, Brasília  e várias capitais foram registrados atos de apoio ao governo e contra o lockdown. 

Em São Paulo, na avenida Paulista, uma das faixas dizia "o povo não aguenta mais", em referência ao lockdown.

Assim como em São Paulo, também houve atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro na cidade de Belém (PA). A reinvidicação era por respeito às liberdades .

Apoiadores de Bolsonaro também se reuniram na orla de Copacabana, no Rio de Janeiro. Muitos pediam intervenção militar liderada pelo presidente e repudiavam os ministros do STF.

 

 

O presidente Jair Bolsonaro usou um helicóptero  para sobrevoar a Esplanada do Ministérios.

Algumas centenas de apoiadores se reuniram contra os efeitos do lockdown.

Apoiadores de Jair Bolsonaro realizaram manifestação no Farol da Barra, na cidade de Salvador (BA).

 

 

Idosas em Porto Alegre (RS) pediram voto auditável nas próximas eleições. Capital gaúcha também se manifestou em favor das liberdades individuais.

Em Belo Horizonte o Dia do Trabalhador teve protestos  a favor do presidente Jair Bolsonaro em Belo Horizonte e região metropolitana. Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), realizaram um ato na área central de Belo Horizonte neste sábado (1º).

 

 

O ato na capital,  começou na praça Tiradentes às 10h e seguiu para a praça Sete, ocupando a pista da Afonso Pena que leva ao centro da cidade.

Com bandeiras do Brasil e roupas verde e amarelas, os manifestantes carregam faixas de apoio a Bolsonaro, várias delas com os dizeres "Eu autorizo presidente".A frase faz referência à recente fala de Bolsonaro sobre aguardar apenas um sinal da população para intervir de forma mais radical na política brasileira.

 

 

No ato, os apoiadores do presidente também entoaram cantos como "a nossa bandeira jamais será vermelha" e gritos de "mito".

 

 

 

(Fonte : R7/ O Tempo/ Foto: Redes Sociais)

 

 

 

 

Publicidade