T.Otoni, destino mais procurado do Voe Minas, ganha mais dois voos diretos para BH

Notícias da região

T.Otoni, destino mais procurado do Voe Minas, ganha mais dois voos diretos para BH

11:40 | 16 de outubro

 

O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop), dá início  à quinta fase do "Voe Minas Gerais."

A partir desta segunda-feira( 16)  duas novas cidades passam a receber voos para o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte: Januária e Pirapora – Pirapora com voos sem escala para a capital, às segundas e sextas-feiras.

A  novidade da nova fase é que Teófilo Otoni, destino mais procurado no projeto, ganhará mais voos diretos: um voo de Belo Horizonte para Teófilo Otoni nas segundas-feiras pela manhã e de Teófilo Otoni para a capital nas sextas-feiras à noite, atendendo a solicitações dos passageiros.

Os 17 municípios atendidos na quinta fase são: Almenara, Araçuaí, Araxá, Belo Horizonte, Diamantina, Januária, Manhuaçu, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Pirapora, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa. O atendimento do Voe Minas Gerais está sendo redirecionado às cidades que apresentaram maior demanda por serviço aéreo nas fases anteriores do projeto.

Os municípios de São João del-Rei, Juiz de Fora e Salinas não apresentaram procura e média de ocupação suficientes para manutenção do projeto nas localidades, tendo sido retirados da nova etapa.

A frequência de voos de Poços de Caldas foi reduzida, e a ligação direta com Belo Horizonte está sendo feita, com voos diretos às segundas, quartas e sextas-feiras, também com vistas ao fomento do turismo.

A malha completa e as passagens do projeto estarão disponíveis a partir de 16/10, no site www.voeminasgerais.com.br.

Voe Minas Gerais

O Voe Minas Gerais foi lançado em agosto de 2016, ligando 12 cidades mineiras ao Aeroporto da Pampulha, na capital. Em novembro do ano passado, outras cinco cidades foram incluídas às rotas, que passaram a ter, além de voos diretos para Belo Horizonte, opções de escala, com voos que ligam os municípios do interior entre si. Em junho deste ano, o projeto iniciou sua terceira fase, ampliando a atuação no Vale do Jequitinhonha e chegando ao Norte do Estado. No mês de agosto, a quarta etapa incluiu mais municípios e ampliou o atendimento.

Os voos são realizados em aeronaves Cessna Grand Caravan 208 B, que transportam até nove passageiros. O valor das passagens varia de R$ 130 a R$ 750, de acordo com a distância percorrida.

A malha completa e as passagens do projeto estarão disponíveis a partir de 16/10. Os voos são realizados em aeronaves Cessna Grand Caravan 208 B, que transportam até nove passageiros. O valor das passagens varia de R$ 130 a R$ 750, de acordo com a distância percorrida.(Com Agência Minas)

Publicidade