Solução caseira é aprovada no Galo: Thiago Larghi ganha chance e pode ser efetivado

Esportes

Solução caseira é aprovada no Galo: Thiago Larghi ganha chance e pode ser efetivado

00:59 | 16 de fevereiro

 

Na última temporada, jovens treinadores tiveram sucesso e mostraram valor no futebol brasileiro. Jair Ventura, Zé Ricardo e Fábio Carille se destacaram no comando de Botafogo, Vasco e Corinthians, respectivamente, e o sucesso recente desses novos técnicos pode inspirar o Atlético-MG a tomar um importante decisão com Thiago Larghi, que segue uma linha de trabalho parecida com os treinadores citados.

Fábio Carille e Thiago Larghi trabalharam juntos no Corinthians (Foto: Marcelo Braga)

Fábio Carille e Thiago Larghi trabalharam juntos no Corinthians (Foto: Marcelo Braga)

A permanência de Thiago Larghi como auxiliar fixo do Atlético-MG já foi um voto de confiança pelo trabalho mostrado por ele. Integrantes da atual diretoria defendem a continuidade no trabalho de Thiago. O mesmo acontece com os atletas, que têm aprovado o trabalho do ainda interino. É o caso de Elias.

- Momento de alerta. Crise eu não digo. Ainda é começo de temporada, muita coisa pode acontecer. Quem sabe a gente não tenha um novo Carille aqui, que o Thiago possa ser efetivado e fazer uma excelente campanha e ser campeão brasileiro. Coisas que muitos jogadores, torcedores e imprensa não acreditavam na equipe do Carille. Eu passei uma situação assim no Flamengo, que tive três treinadores durante o ano e quem levantou o caneco foi o Jayme (de Almeida). É momento de trabalhar. Falar pouco, trabalhar, saber onde estamos errando para poder melhorar e pedir ajudar do torcedor para que eles possam nos apoiar nesse momento difícil.

Qualquer técnico que fosse contratado precisaria de tempo para conhecer o elenco alvinegro e iniciar um trabalho. E tempo, às vésperas de um clássico e de um jogo decisivo da Copa do Brasil, não é o que o Atlético-MG tem neste momento. No domingo o time enfrenta o América-MG, pelo Campeonato Mineiro, e na quarta-feira encara o Botafogo-PB.

Um sucesso nestes dois jogos dará ao time a tranquilidade para se recuperar em campo e a Thiago a confiança para iniciar o seu primeiro trabalho no comando de um time profissional. Os dois jogos que o Atlético-MG tem pela frente darão tempo para a diretoria optar por qual rumo tomar. Os resultados e os rendimentos contra América-MG e Botafogo-PB serão fundamentais para essa decisão. A efetivação do atual interino é uma das opções. (GE)

 

Publicidade