SES confirma segunda morte e três casos por raiva humana em Bertópolis, no Vale do Mucuri

Notícias da região

SES confirma segunda morte e três casos por raiva humana em Bertópolis, no Vale do Mucuri

19:37 | 28 de abril

 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG) Minas Gerais confirmou nesta  quinta-feira (28) a segunda morte por raiva humana. A vítima é um menino de 5 anos que faleceu em 17 de abril na zona rural de Bertópolis, no Vale do Mucuri.Agora são três casos da doença no Estado e um suspeito segue em investigação.Todas as vítimas moravam na mesma região  em Bertópolis.

O primeiro caso  foi confirmado em um garoto de 12 anos, que morreu em 4 de abril. O segundo, uma menina de 12 anos, foi notificado em 5 de abril e confirmado na terça-feira (19). Essas duas infecções foram provocadas pela mordida de morcego hematófago (que se alimenta de sangue).

Em 13 de abril, a menina contaminada pela raiva apresentou piora clínica e foi transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permanece internada.

O terceiro caso da doença em Minas, confirmado nesta quinta (28) pela SES-MG, é de uma criança de 5 anos.  

Há ainda um quarto caso suspeito, em investigação, notificado na última quinta (21), também na área rural de Bertópolis. Uma menina de 11 anos apresentou sintomas como febre e dor de cabeça constante. Ela tem parentesco com a outra garota, de 12 (segundo caso confirmado), que está internada em BH.

De acordo com a SES-MG, a jovem de 11 anos também está internada, em um hospital regional de Bertópolis, e seu quadro de saúde é estável. A pasta aguarda o resultado dos exames.

A Secretaria diz que está realizando ações contra a raiava humana desde 4 de abril, quando foi notificado o primeiro caso suspeito.

Na última quinta (21), uma equipe foi enviada à Unidade Regional de Saúde de Teófilo Otoni para avaliar medidas de prevenção e controle da doença na região.

Já no último domingo (24), foram enviadas novas doses da vacina antirrábica humana para completar o esquema vacinal da comunidade rural de Bertópolis.

Até terça (26), das 999 pessoas a serem vacinadas, 977 tomaram a primeira dose, e 767 receberam a segunda.

A SES-MG já havia fornecido vacina e soro antirrábico humano para a vacinação da população exposta e também imunizante animal para cães e gatos da zona rural de Bertópolis.

Mesmo com o surto, o Governo de Minas afirmou que os casos foram considerados "isolados" e não afetam outros municípios.

(Fonte: Hoje em Dia/ Editado)

 

 

Publicidade