Servidores municipais de Nanuque paralisam serviços para cobrar salários atrasados

Notícias da região

Servidores municipais de Nanuque paralisam serviços para cobrar salários atrasados

20:36 | 19 de agosto

 

Servidores de Nanuque determinaram a paralisação geral dos serviços públicos nesta segunda-feira (19). A reivindicação principal dos trabalhadores é o pagamento dos salários dos últimos dois meses e o não pagamento do décimo terceiro de 2018. O ato público que exigiu a solução das demandas, foi no Coreto, em frente a Prefeitura Municipal.

De acordo com a presidente do sindicato, Lualga Miranda, desde 2018 os pagamentos são feitos fora da data limite. “Ano passado, o município justificava os atrasos salariais por conta da retenção de recursos feita pelo governo do Estado. Porém, esse ano o Estado parou de reter recursos e mesmo assim a folha dos servidores de Nanuque não está em dia, enquanto todos os municípios da região já regularizaram”, conta.

Cerca de 200 funcionários aderiram à paralisação geral, sendo mantido o quadro mínimo de 30% para os serviços de saúde, limpeza e vigilância. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nanuque (SINDISENA) afirma que a situação já chegou a um ponto extremo e uma ação civil pública foi aberta contra o município, por conta das pendências salariais.

Segundo Lualga, com os atrasos acontecendo há mais de 12 meses, quem depende do município para manter as contas em dia está com problemas. “Alguns servidores não tem o básico dentro de casa, outros já tiveram até a energia cortada. Hoje estamos com dois meses de atraso salarial para alguns funcionários, mas imagine quem vive exclusivamente do salário do município, ficar três meses sem receber, como já aconteceu também” conta a presidente do sindicato.

Em julho houve uma reunião do Sindicato com o Legislativo, que elaborou uma notificação extrajudicial ao Prefeito de Nanuque, exigindo medidas de economia para reajustar os cofres do município e colocar em dia os salários dos servidores. O prazo de 30 dias para atender à exigência termina nesta quinta-feira (22), mas os pagamentos continuam em débito

Até a publicação dessa matéria, a Prefeitura de Nanuque não se manifestou sobre a situação.

 

 

 

 

Publicidade