PRF apreende dois veículos com placas adulteradas na BR-116, em Teófilo Otoni

Notícias da região

PRF apreende dois veículos com placas adulteradas na BR-116, em Teófilo Otoni

11:56 | 16 de agosto

 

A Polícia Rodoviaria Federal de Teófilo Otoni prendeu na noite dessa quinta-feira (15) um homem de 34 anos dirigindo um carro com placas adulteradas.A abordagem foi feita durante ronda realizada da área urbana da BR-116.

Ao efetuar consulta do veículo, um Voyage da cidade de Andradas(MG), constava dentificação pertencente ao modelo KA da cidade de São Paulo(SP), furtado na capital paulista em 2012.

Durante procedimento de vistoria, foi detectado o uso de fita isolante nos caracteres alfa-numéricos, tanto na placa dianteira como na traseira.

O condutor negou as alterações, mas em vistoria no interior do automóvel foi localizado um rolo de fita isolante.Após ser confrontado com o material coletado, o condutor acabou confessando que fez a alteração nas placas com o intuito de não ser multado na viagem que fazia com destino a cidade de Maceió/AL.

O motorista foi preso e  o veículo encaminhado para o pátio credenciado pelo Detran.

 

Foi detectado o uso de fita isolante nos caracteres das placa dianteira e traseira.(Foto: divulgação PRF)

 

Zona rural

Também nesta quinta-feira (15) outro veículo foi apreendido na zona rural da BR-116,em Teófilo Otoni.

Após inconsistência verificada na documentação de um Fiat/Strada de placa OBJ-6841 da cidade de Campo Grande(MS), a equipe policial constatou que a placa original do automóvel abordado era PZW-6216 de Contagem/MG, roubado em Belo Horizonte/MG em 30/10/2018.

O motorista informou que reside na localidade de Ponto Marambaia, no Vale do Jequitinhonha, e que vem a Teófilo Otoni com frequência visitar a namorada. Disse ainda que trabalha com garimpo e que recebeu o veículo como pagamento de uma negociação feita com uma pessoa do estado do Espírito Santo, não sabendo que o automóvel era produto de crime.

Os dois condutores foram presos e os veículos encaminhados para o pátio credenciado do Detran.

Eles vão responder por Crime de Adulteração de Sinal de Identificação de Veículo Automotor,com pena de reclusão de até 6 anos.

 

A placa original do automóvel era PZW-6216 de Contagem/MG. (Foto: divulgação PRF)

 

A placa original do automóvel era PZW-6216 de Contagem/MG. (Foto: divulgação PRF)

 

Publicidade