Início da semana será de tempo instável no Vales do Mucuri e Jequitinhonha

Notícias da região

Início da semana será de tempo instável no Vales do Mucuri e Jequitinhonha

11:39 | 03 de dezembro

 

O início da semana deste último mês do ano deverá ser de chuva constante e temperatura amena, de acordo com a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Essa constância nas precipitações desde novembro trouxe saturação do solo em algumas regiões, trazendo alertas para problemas como deslizamentos e desabamentos, com alertas da Defesa Civil. Segundo o instituto, o risco é de “perigo potencial” até o fim do dia de hoje por causa de uma frente fria que atua sobre Minas Gerais.

O alerta vale para as regiões do Vale do Mucuri, Triângulo Mineiro, Alto Paranaiba, Central, Vale do Rio Doce, Jequitinhonha, Grande BH, Norte, Oeste e Noroeste mineiro.

A temperatura deve variar de 17°C a 25°C em Belo Horizonte, com a umidade alta, entre 65% e 100%.

De terça-feira em diante, a tendência é de que o sol volte a brilhar, mesmo que entre nuvens, mas chuvas isoladas ainda podem voltar a cair, com intensidade menor.

De acordo com o Instituto Climatempo, as condições meteorológicas estão muito favoráveis para a formação de áreas de instabilidade na Região Sudeste do Brasil, por causa da presença de um sistema de baixa pressão.

O último mês do ano começou com chuva em grande parte de Minas Gerais, inclusive em Belo Horizonte.

Hoje, a instabilidade tende a intensificar sobre o estado. A previsão é de chuva frequente na capital mineira ao longo da semana.

A temperatura fica amena nos próximos dias. A chuva varia em intensidade com um acumulado previsto para a Região Metropolitana de Belo Horizonte podendo variar de 50 a 100 milímetros, inclusive com risco de chuva de granizo e queda de raios, com rajadas de vento entre 60 e 80km/hora.

A Defesa Civil recomenda que, em virtude das fortes chuvas nos últimos dias, os cidadãos evitem enfrentar o mau tempo. “Observe alteração nas encostas. Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193)”, informou o Inmet.

 

 

(Fonte e foto: Estado de Minas)

 

 

 

 

 

Publicidade