Galo terá ‘coletivos frequentes’ do profissional com a base para melhorar ‘captação’

Esportes

Galo terá ‘coletivos frequentes’ do profissional com a base para melhorar ‘captação’

11:08 | 31 de março

 

O Atlético aposta nas categorias de base para aumentar a arrecadação, com vendas, e encontrar soluções pontuais para preencher lacunas no próprio elenco. Para esta temporada, com a chegada do presidente Sérgio Coelho, o clube promoveu mudanças no setor: saiu Júnior Chávare, elogiado por conduzir o trabalho da equipe campeã do Brasileirão da categoria, e entrou Erasmo Damiani, outro profissional de ponta no cenário nacional.

Entre as medidas implementadas para “melhorar a captação” de jovens talentos, estão “coletivos” entre os times Sub-20 e profissional do Atlético. A primeira dessas atividades, que serão frequentes conforme detalhou Erasmo Damiani em entrevista à TV Galo, aconteceu no último sábado (27).

“Fundamental para o atleta da base. Ele está vendo o ídolo dele. Para nós [das categorias de base] é fundamental porque analisamos o grupo. E o principal é que o profissional pode ver in loco os atletas da base. Por meio dos coletivos, fica mais fácil para o técnico Cuca e os auxiliares chamarem alguns atletas para análise mais detalhada”, pontua Erasmo Damiani.

Oportunidades no Mineiro 

O gerente de futebol da base do Atlético também atribuiu importância às oportunidades dadas aos atletas na reta inicial do Campeonato Mineiro. Nas quatro primeiras rodadas, em meio ao descanso concedido a atletas que atuaram com regularidade no Brasileiro passado, o Galo, sob comando do auxiliar Lucas Gonçalves, contou um time recheado de garotos.

“É fundamental utilizar o Campeonato Mineiro como observação de atletas que você acredita que possam usar a camisa do clube. Quando se tem um calendário completo — com Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro — com certeza vai chegar o momento que algum atleta que participou do Estadual será utilizado. O atleta tem que estar pronto para qualquer momento que ele for chamado”, conclui Damiani. 

 

(Rádio Itatiaia/Foto: Pedro Souza/Atlético)

 

 

Publicidade