Cruzeiro informa adiamento de jogo contra o Deportivo Lara para quinta-feira

Esportes

Cruzeiro informa adiamento de jogo contra o Deportivo Lara para quinta-feira

21:37 | 12 de março

 

O jogo entre Cruzeiro e Deportivo Lara, marcado inicialmente para 19h15 desta quarta-feira (13/3), será adiado para quinta (14/3), no Mineirão, no mesmo horário. Procurado pela reportagem do Superesportes, o vice-presidente de futebol Itair Machado disse que a Raposa concordou com a mudança de data da partida válida pela segunda rodada do Grupo B da Copa Libertadores em função das dificuldades de logísticaenfrentadas pela equipe visitante na rota a Belo Horizonte, causadas pela falta de energia elétrica na Venezuela. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) já enviou ofício aos clubes.

Mais cedo, a reportagem havia entrado em contato com o supervisor administrativo do Cruzeiro, Benecy Queiroz, responsável por intermediar os contatos com o Deportivo Lara. Segundo o dirigente, jogadores e comissão técnica ainda estavam na Venezuela, embora o clube já tivesse conseguido autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que regula o transporte aéreo no Brasil, para decolar rumo ao território brasileiro.

“Eles conseguiram autorização para voar no Brasil. A expectativa mais recente é de que cheguem a Belo Horizonte às 5 horas (desta quarta-feira), no mesmo itinerário. Agora, o delegado da Conmebol vai realizar uma consulta aos seus superiores para saber se o jogo será realizado amanhã (quarta-feira) mesmo ou na quinta-feira. Vamos aguardar”.

 

Pouco depois, o Cruzeiro confirmou a concordância com o adiamento, visto que os jogadores do Deportivo Lara teriam pouquíssimo tempo de descanso. Quando chegar a BH, o time venezuelano se hospedará no Hotel Mercure, na Avenida do Contorno, Bairro de Lourdes, em Belo Horizonte.

Por sua vez, a assessoria do Deportivo Lara não respondeu aos questionamentos do Superesportes. No Twitter, foi informado que o “novo itinerário” seria publicado tão logo fosse confirmado.
 

Crise na Venezuela

Na segunda-feira, o Deportivo Lara viajou de ônibus de Barquisimeto, onde se prepara para os jogos, até Valencia, a 210 quilômetros de distância. O percurso foi completado em duas horas e meia. A expectativa da delegação era sair da concentração às 11h e embarcar ao Brasil às 14h. A aeronave Boeing 737-400 da companhia Turpial Airlines pousaria no Aeroporto de Manaus às 16h30 para abastecimento. Em seguida, às 17h, seguiria rumo a Confins, com chegada prevista para 21h. A demora da obtenção da autorização da ANAC atrasou todo o procedimento.

Os empecilhos enfrentados pelo Lara se devem à crise elétrica que acometeu todo o território da Venezuela. Várias regiões do país ficaram sem luz por horas seguidas, prejudicando serviços básicos de saúde e comunicação. O governo do presidente Nicolás Maduro justificou o problema a uma sabotagem, enquanto a oposição atribuiu as falhas ao sucateamento do serviço de distribuição de energia. O apagão perdura por seis dias.(Estado de Minas)

 

 

Publicidade