Apático, Cruzeiro perde para Flamengo no Rio

Esportes

Apático, Cruzeiro perde para Flamengo no Rio

02:07 | 09 de novembro

 

Eles venceram. Tudo bem, não valia muita coisa mesmo para o Cruzeiro. A Raposa reencontrou na noite desta quarta-feira (8) o Flamengo, time que derrotou na final da Copa do Brasil, e acabou perdendo por 2 a 0, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro. A partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro era muito mais importante para o rubro-negro, que sonha com uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem, condição que os mineiros já garantiram com o título da Copa do Brasil. Everton e Vinícius Júnior fizeram os gols da partida.

No próximo domingo, o Cruzeiro, com 51 pontos na quinta posição, recebe o Fluminense, às 19h, no Mineirão. Para o duelo, o treinador terá a volta de Rafinha, que cumpriu a suspensão automática pelo terceiro amarelo, mas perdeu Henrique pelo mesmo motivo.

Com Rafael Sóbis recuperado de desgaste muscular, o técnico Mano Menezes optou por começar a partida com Rafael Marques no ataque no lugar de Arrascaeta, com a seleção uruguaia. Alisson foi a opção no meio para a vaga de Rafinha, suspenso.

Sem Guerrero, afastado por doping, e o meia Diego com a seleção brasileira, o Cruzeiro entrou em campo disposto a tirar proveito dos desfalques do técnico Reinaldo Rueda. Mas não foi o que aconteceu. A equipe mineira foi dominada pelo Flamengo, principalmente no primeiro tempo, quando o adversário chegou a ter até 78% de posse de bola contra 22% em alguns momentos.

Logo nos primeiros minutos de bola rolando, Fábio fez uma bela defesa e evitou o gol relâmpago. Com um time que errava muitos passes e pecava na marcação, o camisa 1 não conseguiu evitar que Everton abrisse o placar aos 36 min de bola rolando, numa etapa em que o Cruzeiro finalizou apenas duas vezes contra dez do Flamengo.

“A gente não acertou nem na criação nem na marcação. O Mano vai ter que acertar tudo”, resumiu o meia Robinho na saída para o intervalo. Para os 45 finais, o treinador promoveu a entrada de Sóbis no lugar de Rafael Marques. A entrada do jogador deixou o time mais ligado em campo, dando mostras de que até poderia conseguir o gol de empate.

O Cruzeiro voltou tocando melhor os passes e aparecendo mais no campo do adversário. Mesmo assim, o time não levava perigo ao gol de Diego Alves. Mano ainda tentou Elber na vaga de Alisson, que prendia muito a bola e não tinha objetividade, e Jonata no lugar de Robinho, mas não conseguiu reverter o placar. (Superfc)

 

Publicidade