Agente penitenciário que confessou roubo de 45 armas em Ribeirão das Neves trabalhou em Teófilo Otoni

Notícias da região

Agente penitenciário que confessou roubo de 45 armas em Ribeirão das Neves trabalhou em Teófilo Otoni

17:56 | 23 de abril

Suspeitos foram apresentados pela Polícia Civil nesta quarta-feira(Foto:Flávio Tavares)

 

O agente penitenciário Marcos Antônio Oliveira Nogueira, de 38 anos , confessou que arquitetou o roubo de 45 armas na Central de Escoltas, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para quitar dívidas com agiota. Marcos Antônio trabalhava como agente penitenciário há 11 anos , boa parte na cidade de Teófilo Otoni no Vale do Mucuri .

Aos policiais que investigam o caso, o agente confessou ainda que usou o remédio Rivotril para dopar os colegas que trabalhavam com ele no dia em que o crime foi cometido. Durante apresentação à imprensa, na manhã desta quarta-feira (23), o homem pediu desculpas à sociedade e aos colegas de profissão.

 

Crime

 

A Polícia Civil informou que no dia do crime o agente Marcos Antônio preparou salada de fruta para os colegas comerem após o almoço. Para não levantar suspeitas, a sobremesa não estava contaminada. À noite, durante o jantar, ele voltou a fazer a salada, que foi "batizada", juntamente com o suco que foi servido para todos os oito plantonistas.

Aos poucos, de acordo com os investigadores, os agentes começaram a se queixar de dores na barriga e foram dormindo um por um. Quando percebeu que o plano havia dado certo, Marcos Antônio acionou o irmão, que foi até a Central de Escoltas. Juntos, os dois teriam carregado todas as armas em sacos de linhaça. Eles fizeram, no total, cinco viagem para transportar o armamento. A ação durou cerca de 40 minutos.

Depois o frentista foi embora com o arsenal e o irmão alterou a cena do crime. Conforme a investigação, ele tomou do remédio para simular que havia sido contaminado junto com os colegas. Marcos Antônio já respondeu por crime de abuso de menor, mas foi absolvido pela Justiça de Teófilo Otoni.

 

 

Fonte : Portal R7

 

Publicidade